Reinventar está na moda

ISTITUTO DI MODA BURGO

BLOG


A moda é feita por ciclos e está em constante mudança. Isso não é novidade pra ninguém. Mesmo sem conhecer muito sobre já dá pra saber disso vendo as tendências de moda. Em um ano, já repararam em quanta coisa faz sucesso e vira moda, saem e surgem outras? Esse é o princípio básico da moda, criar modismos em ciclos. Mas o que seria reinvenção na moda, sendo que ela já se renova constantemente?

Se você parar pra pensar em décadas passadas, dos anos 50 aos 90, cada década ficou marcada na moda por tendências icônicas que definiram cada uma delas, como usar saia rodada de bolinhas é anos 50, calças pantalonas bem anos 70 e assim por diante.

Agora, pare pra pensar nos anos 2000 pra cá. Tem como marcar as décadas por tendências marcantes dessa maneira? Não! Porque o número de tendências é cada vez maior, ano após ano, e a reinvenção é algo cada vez mais comum na moda. As tendências antigas são trazidas pra atualidade, remodeladas e repaginadas muitas vezes, mas adaptadas ou não, voltam a ser tendência. Isso também ajuda a não demarcar iconicamente uma época, pois acabamos reutilizando muitos ícones antigos e mesclando-os com novos, adaptando-os para a nossa realidade.

A moda está cada vez mais diversificada, democrática e isso se reflete na quantidade de tendências e novos modismos que surgem. Fica cada vez mais difícil absorver tudo que surge de novidades e tendências até nós, então acabamos filtrando tais tendências de acordo com nosso estilo próprio. Isso faz com que a moda se diversifique ainda mais, porque as tendências podem ser iguais, mas o estilo de cada pessoa é único. Através da adaptação ao nosso estilo, podemos escolher o que nos representa, o que nos faz sentir bem vestindo. E isso é a democracia da moda, que não nos obrigada a nada: podemos usar, ignorar ou nos adaptar às tendências, e isso faz com que atualmente tenhamos milhares de estilos, e não mais uma certa “tipagem” de moda que defina a década em que vivemos.

Esse é o grande fascínio da moda: reinventar-se sempre.