Highlights do Milan Fashion Week Moda Masculina 2020

ISTITUTO DI MODA BURGO

BLOG

O calendário das fashion weeks começou! Depois de Londres e Florença, a semana de moda masculina de Milão rolou nos dias 14 a 16 de janeiro e apresentou as coleções masculinas de grandes grifes mundiais como Gucci, Fendi, Armani, Dolce & Gabbana e Prada. Mais do que nunca, as coleções trazem peças que podem ser usadas em qualquer gênero - genderless - para uma moda mais inclusiva e democrática. Alfaiataria, cores vivas, neon, colorblocking, brilho e androgenia foram os maiores destaques. Confira nossa seleção dos principais desfiles:

Gucci - Seguindo as referências andróginas que já conhecemos e a moda sem gênero, a Gucci trouxe uma coleção eclética com pegada dos anos 70 com calças de cintura alta e brilho e peças clássicas do armário feminino como vestidos e saias em um contexto masculino em forma de reflexão à identidade de gênero e a masculinidade tóxica.

Fendi - A logomania foi forte na coleção da marca, que trouxe as peças em uma paleta de cores minimalista com toques de bege, marrom, preto, cinza e amarelo mostarda. Nos looks, um mix de alfaiataria elegante e clássica com peças bem urbanas como casacos de nylon, malhas, couro, tênis e botas tratoradas. Outra coleção facilmente usada por qualquer gênero!


Prada - Os ombros em evidência foram o foco principal da coleção da maison, com uma grande variedade de peças sem manga, como coletes, camisas e jaquetas, e outras com os ombros largos e marcados, chamando a atenção sempre aos ombros. O nylon clássico da marca foi usado em calças, jaquetas e acessórios e o mix de texturas e volumes também foi foco. A paleta de cores é discreta, com tons de cinza, preto, terrosos e pastéis, apenas com detalhes certeiros em neon, que promete seguir como tendência esse ano.

Empório Amani - A marca deu foco ao relançamento e releitura de clássicos do seu design. A coleção é mais chamativa e expressiva do que o usual da marca, reforçando a imagem de autenticidade, coragem e força. A alfaiataria clássica foi mesclada à peças bem urbanas e esportivas, mostrando um estilo mais acessível e fácil de identificação.

Fotos e fontes: Icon e Vogue