Dolce Gabbana cancela The Great Show na China

ISTITUTO DI MODA BURGO

BLOG

A grande marca Dolce Gabbana enfureceu os chineses semana passada, com a divulgação de três vídeos teasers, que mostra uma mulher chinesa vestida de trajes luxuosos tentando comer pratos italianos utilizando hashi.


Os chineses consideraram a campanha racista, arrogante e depreciadora da cultura chinesa. Diante de todo o escândalo e repercussão nas redes sociais, a marca se obrigou a cancelar o The Great Show - o maior desfile da marca nos 33 anos de história. Havia sido convidados mais de 1.400 pessoas, 140 modelos e 300 looks destinados para a grande noite.


Stefano Gabbana e Domenico Dolce pediram desculpas ao país em vídeo divulgado pela marca, deixando claro que amavam e respeitavam a cultura chinesa e o seu povo. Os grandes e-commerces, como Alibaba, JD.com Inc e Kaola revemoveram até então os produtos da marca na sequência do escândalo.



Mercado de luxo na China


Os chineses são um dos maiores consumidores de artigos de luxo no mundo, correspondem 30% das vendas globais, o que deve crescer ainda esse ano com 22%, movimentando mais de 300 bilhões de dólares, segundo o relatório da consultoria Bain & Company. Portanto, como lição é importante estudar bem a cultura de cada país para evitar constrangimentos e problemas severos.