5 curiosidades sobre o desfile da Chanel na PFW e os melhores looks!

ISTITUTO DI MODA BURGO

BLOG

Um dos desfiles mais esperados de toda a Paris Fashion Week e até mesmo de todas as semanas de moda mundiais é o da Chanel. A maison de luxo sempre faz um verdadeiro show, desde o concite, a locação até os mínimos detalhes que envolvem o desfile e as coleções, é claro. É tradição esperarmos qual será o próximo tema que conduzirá o desfile da marca e sempre é sucesso.

Após o falecimento de Karl Lagerfeld, que era diretor criativo da Chanel desde 1983, os desfiles são ainda mais aguardados porque realmente não se sabe muito o que esperar. Sua sucessora é Virginie Viard, que foi seu braço e era diretora de ateliê até então. Virginie havia estreado nas passarelas em maio, já no posto de diretora crativa, mas a primeira coleção totalmente criada por ela foi a de alta costura, desfilada em julho, onde mesclou o tradicional tweed à mangas bufantes e ombreiras, dando ares mais modernos à maison. E agora no desfile de primavera/verão 2020 a pergunta é: como está a Chanel nessa nova era? 

Confira abaixo 5 curiosidades sobre a nova coleção desfilada pela Chanel sob o comando de Virginie Viard:

Locação


O desfile aconteceu em um terraço simulado: uma estrutura imitando um terraço foi criada para que as modelos desfilassem em volta dele, com a platéia em volta. O terraço imita um telhado parisiense com chaminés desgastadas e janelas enferrujadas sobre as quais as modelos passavam. 

Denim era


O jeans foi um dos focos principais do desfile e apareceu em calças e bermudas de cintura alta, mostrando que são forte tendência para a estação e foco na Chanel também.

Macaquinhos de tweed


Para trazer o clássico da marca de forma repaginada, Virginie apostou em um macaquinho de tweed com a silhueta bem justa, meia calça e saltos. Outro toque de modernidade ao DNA da marca.

Hot pants com meia calça


Além dos macaquinhos, as hot pants também foram usadas nos looks com meia calça e blusas/suéteres, mostrando que podem ser uma peça incorporada nos looks das ruas com itens sofisticados como o cinto dourado, o salto com pedrarias e a blusa com bordados.

Céu brilhante 


A locação não foi num "terraço" à toa: o céu brilhante foi inspiração para uma família de looks finais do desfile, que traziam muito brilho em bordados e pedrarias. Detalhes como Chanel Paris bordado em cristais nos punhos de algumas peças remetiam ao cenário e principalmente o look desfilado por Rianne van Rompaey, que fechou o desfile com essa saia e blusa cintilantes que parecem realmente o céu da cidade à noite sob luzes e estrelas.

Quer ver mais da coleção? Confira a galeria abaixo!

Fotos: Vogue UK